Os Vinhos

Divido os vinhos tranquilos – popularmente designados por vinhos de mesa – de acordo com a frequência de momentos de consumo que o seu preço, reflexo (relativamente proporcional) da qualidade e da quantidade produzida, permite. Todos os anos, durante os meses de Maio e Junho, provo, com a metodologia de prova cega, mais de 1500 vinhos que partilham entre si duas características: o seu preço de prateleira estar balizado entre 2 e 10 euros e se encontrarem em comercialização na moderna distribuição, prontos para entrar num carrinho de compras; a selecção das melhores classificações é editada em livro. Entretanto, durante o mês de Outubro provo, também em prova cega, cerca de 800 vinhos que a imensa maioria da produção nacional considera como as suas propostas de nível superior: os topos de gama. É também com base nos resultados (que serão publicados, durante o período de Natal, em formato electrónico neste meu site) que justifico as nomeações para os melhores vinhos e os melhores produtores de Vinhos de Calendário, ou seja, néctares que, devido à sua exclusividade e preço, merecem a escolha do consumidor de forma espaçada no calendário, muitas vezes como testemunhas de boas celebrações.

VINHO DE CALENDÁRIO

SOALHEIRO, PRIMEIRAS VINHAS, ALVARINHO
DOC Vinho Verde, Branco, 2015, 94 Pts.
Alvarinho. Cor média citrina. Botão de groselha, alperce, ananás, casca cítrica. Mineralidade presente entre hortelãs. Sucroso estreme, alongado, acidez lavante e duradoura.
VINUSOALLEIRUS.

VINHO DIÁRIO

MARQUÊS DE MARIALVA, RESERVA, BAGA.
DOC Bairrada, Tinto, 2011, 90 Pts.
Baga. Cor média de granada, ainda violáceo. Tostados de madeira e mineralidade, fruta vermelha ainda viva mas também alicorada em especiaria. Muito intenso e prazeroso. Elegante, muito conversador e de tacto lavante e gastronómico. Superior e de longa guarda.

ADEGA COOPERATIVA DE CANTANHEDE.

EM DESTAQUE:
No passado dia 3 de Abril no Porto Canal, durante o programa Imperdíveis, o Astronauta Touriga Nacional, Regional Lisboa 2015, foi classificado em prova cega pelos dois críticos, Madalena Vidigal do Blog Entre Vinhas e Gonçalo Correia dos Santos da Pipadouro Vintage Wine Travel, como o melhor vinho até 12 euros.
Porto Canal, programa Imperdíveis, dia 3 de Abril 2017

Sponsors

Apoios e Concursos