Os Vinhos

Divido os vinhos tranquilos – popularmente designados por vinhos de mesa – de acordo com a frequência de momentos de consumo que o seu preço, reflexo (relativamente proporcional) da qualidade e da quantidade produzida, permite. Todos os anos, durante os meses de Maio e Junho, provo, com a metodologia de prova cega, mais de 1500 vinhos que partilham entre si duas características: o seu preço de prateleira estar balizado entre 2 e 10 euros e se encontrarem em comercialização na moderna distribuição, prontos para entrar num carrinho de compras; a selecção das melhores classificações é editada em livro. Entretanto, durante o mês de Outubro provo, também em prova cega, cerca de 800 vinhos que a imensa maioria da produção nacional considera como as suas propostas de nível superior: os topos de gama. É também com base nos resultados (que serão publicados, durante o período de Natal, em formato electrónico neste meu site) que justifico as nomeações para os melhores vinhos e os melhores produtores de Vinhos de Calendário, ou seja, néctares que, devido à sua exclusividade e preço, merecem a escolha do consumidor de forma espaçada no calendário, muitas vezes como testemunhas de boas celebrações.

VINHO DE CALENDÁRIO

MURGANHEIRA, RESERVA
Távora Varosa DOC, Tinto, 2015, 92 Pts.
Lote com Touriga Nacional. Cor intensa violácea. Bergamota em chá, violeta entre ameixa e bagos com cacau e baunilha. Compotas vermelhas. Fumados de terra e tosta. Guloso. Carnudo, salivante, tanino generoso, ainda jovem, muito mastigável e gastronómico. Fino.
SOCIEDADE AGRÍCOLA E COMERCIAL DO VAROSA

VINHO DIÁRIO

CONTEMPORAL, SELECTION
Douro DOC, Tinto, 2015, 88 Pts.
Lote com Touriga Nacional. Cor intensa granada, ainda carmim. Boa fusão de tostados, bagos, caruma e especiaria. Leve nota de bergamota. Boca mastigável, com matéria educada, muito longa e firme. Vinho de boa guarda e melhor mesa. Compra acertada.
CONTINENTE WINE & SOUL
RETIRADO DO TOP 100 DO GUIA POPULAR DE VINHOS 2019. À VENDA NAS LIVRARIAS.

SPONSORS 2018

GUIA POPULAR DE VINHOS 2019

Nesta seleção anual, eu e o Neil Pendock tentamos descobrir, em prova cega, a excelência a baixo preço. A experiência acumulada leva-nos a aguardar este feliz acontecimento com as melhores expectativas. Os vinhos que colocamos num carrinho de compras estão cada vez melhores. Entre vinhos efervescentes de acolhimento ou celebração, passando pelos essenciais vinhos tranquilos que acompanham todos os tipos de refeição, até aos vinhos fortificados com que acompanhamos as sobremesas ou bebericamos quando um brinde é gostoso. Cruzamos estas tipologias com as 3 cores – branco, tinto, rosé – e com os mais diversos estilos de estágio, polvilhamos milhares de marcas fantasistas ou com a restrição de uvas provenientes de Quintas ou Herdades pelas 14 regiões vinhateiras de Portugal (12 no continente e 2 nas ilhas) e balizamos a enorme oferta resultante ao nosso orçamento, à ocasião de consumo ou à promoção atrativa.
A escolha de vinhos num supermercado não é fácil. Espero que os consumidores vejam este Guia Popular de Vinhos 2019 como um auxiliar para as suas boas compras. Um guia de vinhos deve ser prático, fácil de consultar e rico em propostas e comentários úteis para a seleção do vinho adequado à situação de consumo.

JÁ NAS BANCAS

PORTO CANAL, PROGRAMA  IMPERDÍVEIS,
12 de Julho de 2018

“O lançamento dos colheitas Esporão no Porto, os vinhos de Aníbal Coutinho à mesa na Churrasqueira D. Pedro e a Tapada do Chaves são os grandes destaques desta semana. Ainda provámos às cegas 5 malvasias de Colares até 36€.” Ontem, Porto Canal. W Imperdível. W Obrigado.

 “Exatamente um ano após o “10 de julho”, os adeptos da Seleção Nacional ganham duas novas e originais formas de recordar a data mais simbólica do futebol português.

O significado indiscutível do dia 10 de julho – a data da final de Paris – foi aproveitado para criar um vinho com o mesmo nome, cujo processo de produção foi idealizado e acompanhado por um dos mais prestigiados enólogos do panorama nacional, Aníbal Coutinho. A conquista do Campeonato da Europa representa uma vitória de todos os portugueses e a dimensão coletiva desse triunfo foi expressa nesta iniciativa através de uma seleção cuidada com contributos de várias regiões vinhateiras nacionais, à base de castas que cá se destacaram e marcam a diferença e a tipicidade do nosso território. Para além de ter sido conservado na melhor garrafa do mercado, o vinho “10 de julho” está incluído numa embalagem especial, de linha premium, que inclui ainda uma réplica do troféu dos campeões europeus” […] Saiba mais aqui.